Academia Caxiense de Letras

CADEIRA N° 21

Patrono:

Américo Ribeiro Mendes

 

Proprietário do jornal O Brasil de 1909 e da Livraria Mendes. Profundo conhecedor da história de Caxias do Sul.

CADEIRA N° 22

Patrono:

Dom José Baréa

 

Primeiro Bispo de Caxias do Sul. Ilibado mestre e pastor de toda a diocese. Por sua iniciativa foi criado o Seminário Diocesano. Escritor e poeta. Compositor de diversas músicas e letras para o 10 Congresso Eucarístico Diocesano em 1945. Afilhado de Domingos Caon.

CONTATO

CADEIRA N° 23

Patrono:

José Fialho de Vargas

 

Professor da rede pública estadual, jornalista e poeta. Gostava de compor sonetos. Nas horas vagas criava e confeccionava ferramentas para facilitar as tarefas de operários e artesãos que lhe solicitassem.

CADEIRA N° 24

Patrono:

Augusto Dianna Terra

 

Jurista, tribuno, advogado e jornalista em Caxias do Sul. Diretor do primeiro jornal a circular em nossa cidade em 1897, O Caxiense.

CADEIRA N° 25

Patrono:

Padre Pedro Nosadini

 

Jornalista. Criador dos Comitês Católicos em Caxias do Sul por volta de 1897, cujo principal objetivo era o combate à maçonaria. Fundador do jornal II Correo Italiano. Padre polêmico pelos seus discursos contra os maçons e pela forma como se comportava em suas falas no púlpito. O último casamento que celebrou em nossa cidade foi o de Bento de Lavra Pinto (sabidamente não católico) com Úrsula Piva.

4

6